• Luciana Reis

As mensagens de fé, caridade e um olhar sobre o futuro do Papa Francisco


Participação na TED Talk e viagem ao Egito marcaram os últimos dias do pontífice

“A fé verdadeira é a que nos torna mais caridosos, mais misericordiosos, mais honestos e mais humanos, é a que anima os corações levando-os a amar a todos gratuitamente sem distinção nem preferências”. Papa Francisco, em sua 18ª viagem internacional, desta vez ao Egito

Nos últimos dias, as mensagens do Papa Francisco trouxeram alento e chamaram a atenção para temas importantes no mundo, e em diferentes ocasiões. A primeira foi na participação através de um vídeo gravado para a série de palestras, a TED Talk. E neste dia 29 de abril, em seu último dia de visita ao Egito, além das reflexões, foram dados importantes passos para a aproximação de diferentes religiões.

O Papa deixou uma mensagem direta acerca do extremismo, em que a religião e o nome de Deus são usados como “desculpa” para atos violentos. “O único extremismo possível é o da caridade”, disse o pontífice, que celebrou perante 20 mil pessoas, e não apenas católicos, mas também muçulmanos e os cristãos coptas.

Estes últimos pertencem à maior comunidade cristã do Oriente Médio, e uma das mais perseguidas pelo autoproclamado Estado Islâmico. A Igreja Copta é ortodoxa e não está em comunhão com a Igreja Católica Apostólica Romana por divergências doutrinais, como a crença de que Jesus não tinha também a natureza humana, mas apenas a divina.

A fraternidade e o futuro

A TED Talk, que ocorreu em Vancouver, no Canadá, contou com a participação do Papa Francisco através de um vídeo gravado no Vaticano. O tema do evento era “The Future You” (O você do futuro, em tradução livre), o que já motivou a mensagem do Papa, que falou sobre a importância do diálogo, mas sempre olhando para o futuro.

A reflexão do pontífice foi ainda mais detalhada, e em meio a tantas crises sociais no mundo, lembrou dos refugiados e das pessoas que passam por diferentes dificuldades. “Quando encontro ou escuto doentes que sofrem, emigrantes que enfrentam terríveis dificuldades na procura de um futuro melhor, presos que carregam um inferno no coração, pessoas, em especial os jovens, que não arranjam trabalho, surge-me uma pergunta: ‘Porquê eles e não eu?’ Eu também nasci numa família de migrantes. O meu pai, os meus avós, tal como muitos outros italianos, partiram para a Argentina e conheceram o destino dos que nada possuem. Eu também podia ter acabado entre essa gente ‘posta de lado’. É por isso que me interrogo, do fundo do coração: ‘Porquê eles e não eu?’"

E ao falar da construção do futuro, a importância do trabalho em união foi lembrada pelo Papa, que afirmou que tudo está interligado. “Como seria belo que a fraternidade, esta palavra tão bela e, por vezes, incômoda, não se reduzisse apenas à assistência social mas, pelo contrário, se tornasse na atitude de base nas opções a nível político, econômico e científico, nas relações entre as pessoas, os povos e os países”.

Para acompanhar as mensagens do Papa na íntegra, é possível ver o vídeo integral da participação no TED Talk, a seguir:

Imagens: Reprodução/TED Talk; Andreas Solaro/AFP

#papafrancisco #futuro #fraternidade

Empresário Cristão 2020 • Todos os direitos reservados