• Landi Dantas

Comunidade que faz a diferença

O MOMENTO DE APRENDER A SUPERAR AS DIFICULDADES EM COMUNIDADE


“E Jesus ordenou que os dividissem em grupos de 100 e de 50” (Marcos 6,39:40)


A partir de hoje, fica decretado feriado bancário de três dias, todos nós somos iguais, os saques em conta corrente e caderneta de poupança só podem ser feitos até NCZ$ 50.000 cruzados novos e o restante do dinheiro que estiver no banco aplicado ou na conta corrente ficará retido por 18 meses. Aos mais jovens que lerem este simplório texto, explicamos que não foi um vírus destruidor, foi na verdade um plano econômico aplicado no Brasil em 1990 e que, de forma violenta, sequestrou o dinheiro dos correntistas de banco.

Naquela agência bancária, o primeiro cliente apareceu desesperado, gritava que havia vendido sua casa na semana anterior e que precisava do dinheiro aplicado no Overnight para pagar o imóvel novo onde sua família iria morar, negócio que já havia acertado e precisava apenas pagar, não teve jeito, saiu triste e acometido por um infarto fulminante, morreu no estacionamento. As filas nos bancos neste dia eram enormes, não havia dinheiro para tantos saques, os pequenos empreendimentos sentiram o impacto, muitos quebraram.




Nesses primeiros dias de incredulidade e angústia, o diretor de uma multinacional que ainda hoje é forte no mundo dos negócios, vai ao posto de serviço bancário e procura o jovem gerente com 04 contratos e promissórias assinadas. 1.000.000 de Cruzados Novos era o valor dos contratos que deveriam ser levados para a diretoria do banco e os recursos liberados nas contas dos diretores. O gerente do posto, de forma gentil, disse que gostaria de informar que não estava permitida nenhuma operação de crédito e que sequer saberia como proceder em função da troca de moedas que havia sido implantada.

Bom, nós somos diretores desta empresa, temos 3.000 funcionários com conta na sua agência e com os valores que estes funcionários movimentam juntamente com a companhia, falamos com sua diretoria e já está autorizado, basta levar o contrato e aguardamos o dinheiro em nossas contas pessoais. Esta foi a resposta desconcertante, utilizaram a soma de milhares de funcionários para se favorecer pessoalmente, ficaram ainda mais ricos ao conseguir o que ninguém tinha naquele momento, Cruzados Novos. A mesma situação se repetiu em outra multinacional, quando a justiça liberou cruzados com liminar e o banco teve que depositar dinheiro de sua própria reserva até que a moeda bloqueada fosse convertida, nesta empresa, o argumento foi que tinham 2.000 funcionários com conta na agência.

Somos muitos, mas distantes uns dos outros. Como pequenos empreendedores ou pessoas físicas, somos orientados a procurar individualmente os bancos para negociar tarifas exorbitantes que nos são cobradas, ou para conseguir um empréstimo com taxas elevadas, e que na maioria das vezes nos é negado. Imaginemos o dia em que nos uniremos em grupos de 100 ou 50, confiaremos na força de uma comunidade e desta forma, buscaremos negociações mais justas com o sistema financeiro. Utopia?? Se todos os que estão tendo seus pedidos de ajuda negados pelos bancos neste momento se unirem, algo vai mudar.


Empresário Cristão 2020 • Todos os direitos reservados